Língua.jpg
Slide13.JPG

Aprender outra língua, além de ser um excelente exercício para a mente, é uma forma de ampliar nossos horizontes e possibilitar o pensamento global.

 

 

​​Rodrigo Solano

rsolano@thinkglobal.com.br  

 

Já fui professor de inglês e pude notar alguns aspectos do processo de aprendizado de línguas. Assim pude aprender alguns idiomas até um nível satisfatório de comunicação. Consegui me comunicar bem em países árabes, na França, na Alemanha e pude me virar na Rússia e na Tailândia. Para aprender as línguas destas regiões optei por métodos autodidáticos. Há vários deles nas livrarias e até gratuitamente na internet.

 

Em situações normais, não existe idade ou método que impeçam você de estudar e ter sucesso. Meu pai, por exemplo, começou estudar italiano depois dos 60, e posso dizer que seu nível é avançado. Para que mais pessoas possam ter sucesso com o aprendizado de idiomas, reuni alguns pontos cruciais da experiência que tive e deixo aqui através de dicas:

 

  • Acredite em você - De longe o que mais impede de as pessoas aprenderem um idioma é a crença de que não vão conseguir. Este tipo de crença, normalmente não tem fundamento e pode ser desconstruída. Se for este o seu caso, dê uma olhada neste link sobre como lidar com Crenças Limitantes.   

 

  • Mergulhe no universo cultural - Aprender outro idioma é como abrir as portas de acesso a um universo cultural. Se você está aprendendo inglês, por exemplo, vai ter acesso a muito mais informações e comunicação do que têm em português dado o seu nível de internacionalização. Saber como os falantes nativos pensam, o que comem, que músicas produzem, por exemplo, sempre ajuda a motivar o aprendizado.

 

  • Desapegue dos conceitos estruturados por sua língua - Outra barreira frequente é o nosso possível apego ao funcionamento do nosso idioma materno. Em português do Brasil, por exemplo, tendemos colocar um som de “i” sempre que uma palavra termina em consoante. Alguns brasileiros pronunciam “buki” para a palavra book que deve terminar em “k” e não em “i”. Isto pode acontecer em diversos outros aspectos. A dica é observar como a língua que está aprendendo é falada, escrita e funciona e tentar compreender e imitar o máximo daquilo que se observa

 

  • Use técnicas de memorização - Existem várias maneiras de facilitar a memorização por nosso cérebro. Uma delas é construir imagens mentais para cada palavra aprendida. Por exemplo, quero aprender que “bonito” em russo é “krassívi” (pronúncia). Posso criar uma estória do tipo: “aquele rapaz que estava na classe e que eu vi era bonito. Mas ele falava krassi ao invés de classe. Pensei... Na krassi o vi.” Parece louco, mas funciona. A imaginação é infinita, você pode criar as estórias ou associações mais pessoais e “estranhas” possíveis. O importante é que desta maneira o cérebro grava. Outro antigo método que costuma funcionar é o uso de flash cards. São cartões em que você escreve de um lado o que quer memorizar e do outro o significado. Você faz uma espécie de jogo da memória. Existem aplicativos que substituem com eficiência o modelo físico e ainda têm áudio.

 

  • Entenda o funcionamento da língua que está aprendendo - Pessoas que têm um pensamento mais exato preferem se ater primeiramente à gramática da língua. Outras preferem ler ou ver como as palavras são escritas. Não importa por onde começa. O importante é entender como o idioma funciona para conseguir construir frases. 

 

  • Siga um plano de estudo - Assim como numa escola, siga um plano de estudo. Tenha seus horários planejados e estabeleça metas. Tenha em mente quando quer terminar cada etapa do curso. A vantagem é que você faz no seu ritmo, nos seus horários onde você se sente mais confortável.

 

  • Mantenha contato frequente - Busque conversar com pessoas que falam a língua que está aprendendo. Tire dúvidas. Escute músicas e busque literaturas. Fale! A internet pode oferecer uma infinidade de formas de manter você em contato com a língua de sua escolha.

 

E aí, que língua vai querer aprender e quando vai começar? Sucesso!

 

Seguem abaixo alguns canais no YouTube para auxiliar no aprendizado de idiomas:

 

Alemão: Alles Gute

Alemão: BBC

Árabe: ÁRABE em 1 MINUTO!

Chinês: Aprender Mandarim

Espanhol: Viaje al Español

Francês: Francês em Ação

Inglês: Inglês para Iniciantes 

Iorubá: Aprendendo o idioma Yorùbá

Italiano: Oneworlditaliano

Japonês: Quero aprender Japonês

Romeno: Transylvania Girl

Russo: Aprenda Russo com Ekaterina

Tailandês: Yukontorn Tappabutt

Tupi-Guarani: Ivanigaiotto  

Turco: Aprenda Turco com Biel